TURISMOS e os Investimentos públicos!! e privados

A PEQUENA
Consultoria Hoteleira Plena
Revenue Management

Li um destes dias um Artigo do senhor Abdon Barreto Filho, na revista Hotéis onde ele diz da necessidade de investimentos públicos no turismo receptivo. Claro que há necessidade, de Aeroportos, Portos, Piers, Estradas, segurança pública, infelizmente mais uma série de coisas e nem por isso menos importantes.

O resto diz respeito a quem faz o receptivo, e quando temos um Hotel ou Hotéis na mesma cidade ou redes espalhadas somos nós quem deve fazê-lo, conheça biografias de milionários da atualidade em que o segredo deles é que terceirizam o que podem, DETALHE as terceirizadas também são deles, ou seja, vamos OTIMIZAR, acabamos de fazer o projeto de viabilidade para a construção de um Hotel de 140 UH’s e sugerimos nele o investimento de veículos para receptivo. Há coisas que as pessoas se bitolam e esquecem: O Seu Cliente pode sempre pagar mais do que você está cobrando, em síntese isso depende do valor que você vai agregar ao que você oferece e nunca se esqueça, nada é de graça, mas para o Senhor Hospede isso não soa assim, soa a R$ 20,00 a menos do aeroporto para o Hotel e vice versa, mas soa melhor ainda e dizem “eles são simpáticos, fazem a reserva agendam a hora do voo e mandam o próprio carro do hotel me pegar no aeroporto”. Só que lembrem-se, isso tem um custo e para onde vai? Bem aí depende de um plano de contas bem elaborado e do real manejo e gestão na filosofia do Revenue Management, muito difundida, mas praticada pela metade no máximo, às vezes nem isso.

Diz o Senhor Abdon em seu artigo que muitos não acreditam no “fenômeno Turismo” caro Senhor Turismo não é um fenômeno é uma Indústria altamente rentável em todos os seus segmentos e precisa ser encarado e tratado como tal ou não gera os resultados esperados.

No Brasil ainda se explora o Turista e como isso tem conotação de “roubo” eles chegam vão embora e saem dizendo “o Brasil é muito caro” e têm toda a razão, já que os próprios Brasileiros da classe média para cima vão para fora onde são mais bem tratados e com preços muito mais interessantes, se compararmos as passagens aéreas do Brasil com a Europa, aquele continente tem um custo que beira os 40% do nosso em alguns casos a diferença é maior. E não me venham dizer que as Cias aéreas lá são ONGS beneficentes não são – são empresas bem Administradas, essa é a maior das diferenças.

Os modelos de alguns dos Convention & Visitors Bureaux são realmente interessantes, mas faça por si, não fique na dependência, os C&VB operam bem e você participa se beneficia operam mal e você não quer participar beneficie-se também, nunca é o que você faz, mas sim o como você faz, isso faz toda a diferença. Administrei dois hotéis com cerca de 200UH’s cada numa mesma cidade, nunca aqueles empreendimentos tiveram tanta rentabilidade. Não, não são os tempos que são outros, era o meu salário que dependia do meu desempenho, então vamos otimizar tudo em todo o lugar e expurgar o que possa nos atrapalhar, na época e não havia C &VB atuante, a iniciativa privada se juntou e conseguiu tudo o que precisava para construir um novo centro de convenções que atua até hoje.  Na verdade os C&VB quando bem integrados trazem muitas vantagens, menos que tenham conotação meramente politica virem cabides de emprego e fiquem cheios de “QI” sem ao menos conhecimento de nada – o que também é comum. Não só para a iniciativa privada como para os Estados e Municípios. Conheci uma cidadezinha no interior de Minas que tem um C&VB totalmente municipalizado, mas tiveram o cuidado de colocar ali pessoas que conhecem Turismo, gostam do que fazem, e principalmente sabem fazer é uma maravilha o trabalho daquelas pessoas, aliás, já é exemplo no Estado – Parabéns.

Falando de agregar valores, e como iniciamos pelo receptivo, um carro zero quilômetros emplacado para turismo bem conservado pode ser usado por cinco anos, não posso precisar se é assim em todos os Estados uma administradora que opere 400 apartamentos em uma mesma cidade, com uma taxa de ocupação medíocre de 60% vai aumentar suas diárias médias em cerca de R$: 15,00 isso não é notado pelo senhor hóspede o que é notado é o fato de na hora da reserva Ele ouvir, “assim que o Senhor tiver o nr. do voo e horário de chegada, por favor, nos informe será um prazer ir busca-lo ao aeroporto”, lógico que ele vai perguntar o preço e você vai simplesmente dizer: trata-se de uma cortesia do hotel caso queira fazer uso dela. Isso é valor agregado. Ninguém cobrou ou deu preço pelo serviço e a única coisa que o Senhor Hóspede vai pensar é: ganhei o taxi do aeroporto. Se for o caso de Curitiba e cidade como ela e SP cujo aeroporto é em outro munícipio os valores chegam a 70 – 80 reais é claro que tudo isso são cálculos e que esses carros se pagam, e se o empresário olhar seu empreendimento como uma indústria e deixem-me frisar TURISMO É UMA INDÚSTRIA estes carros vão dar rentabilidade. Entendam  “Seu cliente pode sempre pagar mais” não é o que se cobra e sim como se cobra. Neste caso o que se “dá” sem se falar em preço.

E por favor, antes que venham contestar contas todos vão ter o aumento irrisório de diária, quando se pratica o real REVENUE MANAGEMENT este aumento não é notado, mas precisa ter tudo feito de acordo, depois muitos de nossos clientes não veem pelo aeroporto, outros as empresas vão busca-los, ou seja, plano de contas é coisa séria e para profissionais.

Mas como o caso dos traslados eu podia encher meia dúzia de paginas com exemplos de valor agregado e a minha declaração de independência de qualquer C&VB ou qualquer outro destes órgãos, claro que se eles existirem e forem ativos vamos participar, mas eu faço independentemente da vontade ou do achar de qualquer “expert” simplesmente faço acontecer. Tudo precisa estar fundamentados em números e números corretos, eles fazem parte de uma ciência exata, quando assim é parte-se deles e não há como dar errado.

Para finalizar deixa que fique bem claro TURISMO É UMA INDÚSTRIA E A SUA RESPONSABILIDADE É DO INDUSTRIAL – Se tiver ajuda externa ótimo se não tiver eu não estou pedindo nada. Decisão e opinião sem ação é INANIÇÃO.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s