Paradigmas de RM que precisam morrer

Fonte: Paradigmas de RM que precisam morrer

Li esse artigo escrito por uma profissional a Senhora Gabriela Otto no blog da Pan hotéis leia o artigo no link acima para poder entender meus comentários abaixo e com a ordem marcada:

A primeira coisa a ser entendida é que Revenue Management ou o Gerenciamento de Receitas é uma filosofia de gestão, e é como tal que é tratada no mundo onde nasceu e é muito bem conhecida e aplicada. É de salientar que Revenue Management no Brasil não só está sendo deturpado ele só não é encarado como deve – aqui eu concordo com os EUA, embora siga sempre fórmulas europeias, que praticamente não diferem as Americanas por vezes me agradam quando a implantação é feita para empresas que não estão ligadas à hotelaria.

Entenda Revenue Management de forma simplificada é: – Uma ciência econômica e gerencial que deve mudar a forma como você enfoca sua empresa e gerencia problemas relacionados a Produtos, custos, mercados, preços de venda e demanda.

C1) Segundo o dicionário Gerenciamento: Ato de gerenciar, administrar, gerir negócios, bens ou serviços.  – É exatamente o que o Revenue Management preconiza que se gerenciem as receitas isso significa que a rentabilização das mesmas, desde que bem feito – No início do Gerenciamento de Receitas uma empresa aérea Norte Americana quase faliu a AA, e teve sucesso no seu intento por dois ou três amargos anos (para a AA), pois foram anos de prejuízo, até que esta aprendeu a Gerenciar suas receitas ou preços de venda e como resultado a companhia de low cost faliu é de autoria do falido – Donald Burr, presidente executivo da PeopleExpressAirlines a frase: “Mais de uma vez fui levado pela correnteza. Honestamente, eu acreditava saber o que estava acontecendo com a tecnologia da informação. Então se alguém ainda não conhece Revenue management… Meu Deu!” foi ele, que por não acreditar passou de caça a caçado. O que a American Airlines fez foi o mais puro Gerenciamento de receitas, e é o que faz quem sabe, já que não é um processo tão simples assim ele engloba muitas ações e envolve muita gente, além de que os sistemas computadorizados não substituem o conhecimento das pessoas então estes não fazem ninguém perder emprego. E Receita se Gerencia sim.

C2) É um debate grande pessoalmente sou contra e a favor das OTAs, mas eu me preparo ou preparo os consultados para usarem esse mercado e não serem usados por eles, já que o custo final recai sobre o Senhor Hóspede por quem temos que ter ou deveríamos ter o maior respeito Ele é nossa razão de existir. Nos EUA onde elas começaram, há dois anos consecutivos os hoteleiros estão se livrando delas o custo é muito alto, aliás, alto demais. Por alguma razão redes altamente profissionalizadas como a Marriott e a Accor não as usam, e declaram isso publicamente. Claro que estas redes sabem o que é e como funciona exatamente o Gerenciamento de receitas e distribuição.

C3) Aqui, em que pese isso não lhe fazer a menor diferença eu concordo com a dona Gabriela, acabar elas não acabam, mas devemos usar exatamente as táticas que elas usam só que a nosso favor – Elas se juntaram e praticamente todas cobram a mesma taxa de comissão – vamos nos juntar e determinar o máximo que elas devem receber, que a meu ver nunca deveria ter passado de 15%, e está muito bem pago.

            C4) OK concordo.

C5) Bem rsrsrs ele nunca deveria ter desaparecido e no que me diz respeito ele não desaparece o que precisa é pelo menos saber fazer contas senão fica muito difícil mexer com “pricing” e isso é algo que os próprios representantes de OTAs e Operadoras de Viagem declaram que os Hoteleiros em sua maioria não sabem fazer contas, pessoalmente tenho essa vivência em meus cursos é difícil encontrar alguém que saiba trabalhar com cálculos, para não exagerar cinco em cada 100 sabem.

C6) Bem RevPAR não é um Índice de gestão logo ele não precisa considerar custo de distribuição, trata-se aqui de um índice criado por investidores para ser usado por eles, mas ADR ou DM Também não considera, o único índice que considera são os GOPs.

c7) concordo OK

C8) Mas é a Base Fundamental do RM claro que tem certa ordem e coerência, mas a grosso modo este é o Fundamento. Só que como tudo na vida tem a forma certa de se fazer, e as distâncias a serem mantidas.

C9) Digamos que Não podia rsrsrsrs, mas a implantação desta filosofia em uma empresa precisa da presença física de um conhecedor, senão ela vai falhar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s